Atenção: Cadernos Junguianos vol. 17

Em nome da Comissão Editorial dos Cadernos Junguianos, gostaríamos de convidá-los à submeter seu artigo, resenha, comunicação, resumo de monografia, dissertação ou tese, para avaliação e publicação no volume 17, a ser lançado em 2023.

As regras para a submissão estão descritas no final do volume 16, na sessão: Condições para Submissão.

O recebimento dos trabalhos estará aberto do dia 15 de dezembro de 2022 até 15 de abril de 2023.

Lembramos que os Cadernos Junguianos agora estão disponíveis gratuitamente no site da AJB, e à partir desta edição, serão bilíngues.

Acesse o site da Associação Junguiana do Brasil: www.ajb.org.br

Com satisfação receberemos seu trabalho e encaminharemos aos pareceristas.

Comissão Editorial:
Denise Amorelli
Pricilla Buzzachera
Ricardo Barreto
Simone Neves
Virginia Sant’ Anna

 

Condições para submissão

A Comissão Editorial dos Cadernos Junguianos tem a proposta de promover a produção de conhecimento especializado na área da Psicologia Analítica, intermediando a submissão de artigos a pareceristas de maneira imparcial e sigilosa. Os Cadernos Junguianos é a revista oficial da Associação Junguiana do Brasil (AJB), filiada à International Association for Analytical Psychology (IAAP), que tem o compromisso de divulgar o pensamento de Carl Gustav Jung. Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade em relação a todos os itens aqui listados.

1. Declaração de que este trabalho é de autoria própria, original, inédito, exclusivo (não está sendo avaliado para publicação por outra revista), e
segue as normas e regras técnicas aqui exigidas;

2. Termo de Concordância quanto aos critérios utilizados pelos Cadernos Junguianos, bem como o direito de exclusividade de publicação;

3. Etapas do processo de submissão de artigo: envio do artigo conforme edital, triagem e encaminhamento para pareceristas, retorno dos
pareceristas com avaliações e sugestões de correção, devolutiva aos autores (aceito; aceito sujeito a correção e não aceito), possível reavaliação dos
pareceristas e publicação;

4. DIRETRIZES AOS AUTORES:

4.1. Orientações gerais

4.1.1. Os textos originais (artigos, comunicações, resenhas, resumos de monografias, dissertações e teses, entrevistas) devem ser submetidos
à revista, gravados em .doc. do Word, enviados por e-mail para: editores@ajb.org.br.

4.1.2. Os artigos deverão ter, no máximo, 25 laudas (60.000 caracteres com espaços no máximo). A extensão das Comunicações deve ficar entre 7 e 15 laudas (entre 20.000 e 40.000 caracteres com espaços) e as resenhas não deverão ultrapassar 5 laudas (até 15.000 caracteres com Cadernos Junguianos | n.º 16, 2022 | 293-299 294 espaços). Os textos poderão ser escritos na primeira pessoa do plural ou na terceira pessoa do singular de acordo com a escolha do autor(a).

4.1.3. Todos os textos devem ser enviados conforme as normas da ABNT e ortograficamente revisados.

4.1.4. A Comissão Editorial reserva-se o direito de apontar correções e complementações necessárias nos trabalhos recebidos, devolvendo-os aos autores para sua devida adequação às normas dos Cadernos Junguianos, bem como serão recusados aqueles que estiverem em desacordo com os critérios adotados.

4.1.5. Trabalhos submetidos que tiverem partes publicadas, em quaisquer meios, que ultrapassem o limite de 25% de autoplágio (self-plagiarism) deverão ser retirados ou serão cancelados.

4.1.6- Todos os trabalhos devem vir acompanhados de folha de rosto com biografia sucinta do autor, endereço para correspondência, telefone e e-mail, bem como do Termo de Autorização para Publicação e da Declaração de Direito Autoral datados e assinados.

4.1.7. Após seleção realizada pelos membros da Comissão Editorial, os textos seguem para os pareceristas e serão retirados os dados de identificação do (s) autor (es), bem como serão apagadas as identificações em “Arquivo/Propriedades/Resumo” do Word, de forma que a avaliação seja cega (sistema de duplo cego ou Double Blind Review).

4.1.8. Todos os textos aceitos, que tiverem indicações de correções apontadas em pareceres e/ou comentários, deverão ser revistos pelos autores e devolvidos para nova avaliação em um prazo de 10 dias úteis. Em caso de aprovação, o autor deverá encaminhar a versão em inglês. O prazo de entrega final da versão bilíngue deverá ser de 30 (trinta) a 45 (quarenta e cinco) dias.

4.2. ARTIGO

4.2.1. Os artigos devem conter no máximo 8.000 palavras ou 60.000 caracteres com espaço.

4.2.2. Os artigos devem vir acompanhados de um resumo – no mínimo 100(cem) e no máximo 180(cento e oitenta) palavras em parágrafo único, apresentando com clareza e concisão: o tema do trabalho, os objetivos, a metodologia utilizada e as conclusões. Assim como, de cinco palavras chaves, separadas por ponto e vírgula.

4.2.3. Os artigos devem respeitar a seguinte sequência:

  • Título com, no máximo, 11(onze) palavras; subtítulo, se houver, deve ser explicativo. Cadernos Junguianos 295
  • Resumo e Palavras-chave.
  • Introdução.
  • Corpo do texto com subtítulos e notas de rodapé (usar numeração sequencial: exemplo: 1, 2, 2.1, 2.2, 2.3, 3, 4…).
  • Considerações finais.
  • Referências.

4.2.4 NORMAS PARA O CORPO DO TEXTO:

  • Fonte: Times New Roman, corpo 12.
  • espaçamento: recuo de 1,25 cm nas primeiras linhas do parágrafo e de 1,5 cm entre linhas sem qualquer formatação, com as seguintes margens: superior 2,5, inferior de 2,7 cm e direita e esquerda de 3,0 cm;
  • títulos e subtítulos em negrito;
  • destaques do texto e palavras estrangeiras em itálico;
  • títulos de obras e artigos em itálico;
  • a palavra Self em itálico e com primeira letra maiúscula ou o termo Si-mesmo com a primeira letra maiúscula e hífen; uso de minúscula para os termos da psicologia tais como: psicologia analítica, sombra, arquétipo, complexo, ego, psique etc.; e as palavras anima, animus e persona em itálico.

4.2.5. CITAÇÕES:

  • Citação livre: quando se reproduzem as ideias, sem transcrever as palavras do autor. Exemplo: Como lembra Teixeira (2005) o diálogo inter-religioso é fundamental para o mundo atual. Nas citações da obra de C.G. Jung: Como aponta Jung (OC, vol. X).
  • Citação textual: transcrição literal de textos de outros autores. Exemplo: A realidade religiosa brasileira revela-se plural, um “pluralismo de tipo peculiar, que o caráter regulador do catolicismo não conseguiu disfarçar”. (SANCHIS, 1997, p. 38).
  • Se a citação ocupar um espaço maior que três linhas, deve ser destacada do texto, recuada em 4 cm, Fonte Times New Roman 10, em espaço simples entrelinhas, terminando com a margem direita do texto, sem aspas com a mesma referência acima (SANCHIS, 1997, p. 38).
  • Nas citações de C. G. Jung, deve constar o SOBRENOME em maiúsculo, a sigla “OC”, volume e parágrafo. Ex: (JUNG, OC, vol. VIII, §345). 296 Quando o texto original não fizer parte das Obras Completas e os parágrafos não estiverem numerados, é empregado o SOBRENOME em maiúsculo, ano e página. Ex: (JUNG, 1984, p.37)

4.2.6. Não numerar a Introdução, a Conclusão e as Referências.

4.2.7. Gráficos e ilustrações (no máximo três por artigo) podem ser incluídos apenas se estritamente necessários, e devem ser enviados em mídia eletrônica de alta resolução (300 dpi).

 

  • Identifique e apresente a obra analisada – nome do autor, ano de publicação, e outras informações bibliográficas importantes.
  • Introdução – descreva sobre o que fala a obra, bem como sobre o objetivo do autor e principais ideias desenvolvidas.
  • Descreva a estrutura da obra
  • Discorra sobre o conteúdo
  • Análise crítica – as opiniões devem ter embasamento, não tornando-as demasiado pessoais. É sugerido sinalizar o público-alvo da obra.

4.3. RESENHA

O texto tem o objetivo de apresentar e analisar livros, artigos publicados online ou em revistas acadêmicas, documentários, filmes, entre outros. As resenhas podem ser descritivas ou críticas. A resenha crítica apresenta um ponto de vista claro do autor da resenha a respeito do objeto analisado, ao contrário da resenha descritiva, onde o objetivo é analisar estritamente o que o autor quis dizer. Devem ter até 5 laudas (até 10.000 caracteres com espaços).

As resenhas devem respeitar a seguinte sequência:

4.4. COMUNICAÇÕES

Em comunicações têm-se textos que apresentem uma exposição concisa de determinado campo do conhecimento da psicologia analítica e afins, por exemplo: apresentação de congresso, jornada, simpósio, entre outros. Também, registros e relatos de casos que possam corroborar com determinada ideia.

As comunicações devem seguir os seguintes critérios:

Devem ter, no máximo, 5 laudas (15.000 caracteres com espaços).

A estrutura do texto deverá seguir a seguinte sequência: Introdução (apresentação dos objetivos), desenvolvimento, considerações finais e referências bibliográficas.

Em se tratando de relato de caso clínico, as descrições e relatos devem seguir critérios éticos de sigilo e preservação da identidade das pessoas envolvidas e ,se houver termos de livre consentimento, devem ser citados como anexo, ao final do texto, antes das referências bibliográficas.

4.5. RESUMO DE MONOGRAFIAS, DISSERTAÇÕES E TESES

  • Seguem os mesmos critérios dos artigos.

4.6. REFERÊNCIAS

As referências devem ser dispostas em ordem alfabética pelo SOBRENOME do primeiro autor, no final do artigo e seguir as normas da ABNT, como
nos exemplos:

  • LIVROS

SOBRENOME, Prenome. Título. Edição. Local: Editora. Ano de publicação.

Ex: LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. Metodologia do trabalho científico. 2. ed. São Paulo: Atlas, 1986.

Padrão específico de referência para as obras de C. G. Jung:

SOBRENOME, Prenome. Título; seguidos da abreviatura OC ( Obras Completas), número de volume. Local: Editora. Ano de publicação.

Ex: JUNG, C.G. A natureza da psique. OC, vol. VIII/2. Petrópolis: Vozes. 1997.

  • DISSERTAÇÕES E TESES

SOBRENOME, Prenome. Título: subtítulo. Local, Ano de publicação.

Número de páginas ou volumes. Indicação de Dissertação ou Tese, nome do curso ou programa da faculdade e universidade, e local. Ex: BITENCOURT, C. M. F. Pátria, civilização e trabalho. O ensino nas escolas paulistas (1917-1939). São Paulo, 1988. 180 f. Dissertação (Mestrado em História) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

ARTIGOS EM PERIÓDICOSSOBRENOME, Prenome. Título. Editor, Local, volume, páginas, ano de publicação. 298.

Ex: ARAÚJO, V. G. de. A crítica musical paulista no século XIX: Ulrico Zwingli. ARTEunesp, São Paulo, v. 7, n. 1, p. 59-63, 1991. WERNECK, Humberto. Dona Chiquita: as primeiras estórias de Guimarães Rosa. Minas Gerais, Belo Horizonte, 23 nov. 1968. Suplemento Literário, p. 3.

  • ENTREVISTA

Entrevistado SOBRENOME, Prenome, Data. Título. Publicação. Nota da entrevista.

Ex: EDINGER, E. (2004). Tomas B. Kirsch Interviews Edward Edinger. The San Francisco Jung Institute Library Journal, vol. 23, n 2, p. 48-66.

  • CONGRESSO E SIMPÓSIO

SOBRENOME, Prenome (Data). Nome do evento, n de edição do evento, ano, local. Título. Local: Editor.

Ex: WOOD, D.R. Augusto (2004). Congresso Latino-Americano de Psicologia Junguiana, 3, 2003, Salvador. Anais. São Paulo: Lector Editora.

  • ANAIS

Nome completo do evento, edição, cidade, ano. Anais: tema, p.

Ex: SEMINÁRIO NACIONAL DO INES, 14°. Rio de Janeiro, 2009. Anais:

Múltiplos atores e saberes na Educação de surdos. P. 160.

  • DOCUMENTOS ELETRÔNICOS

SOBRENOME, Prenome. Título. Local: ano. Disponível em: http://… Acesso em: dia, mês (abreviado), ano Ex: SILVA, I. Pena de morte para o nascituro. O Estado de São Paulo, São Paulo, 19 set. 1998. Disponível em: <<http://www.providafamilia.org/pena_morte_nascituro.htm>. Acesso em 29 set. 1998.
Obs. NÃO USAR traços ( _______. ) para SOBRENOMES repetidos. REPETIR o sobrenome.

Ex: BOFF, Leonardo. A águia e galinha. Petrópolis: Vozes, 1998.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar. Petrópolis: Vozes, 2000.

 

DECLARAÇÃO DE DIREITO AUTORAL

Eu,_________________________declaro (amos), que o presente artigo
___________________________________________________________
é de minha (nossa) autoria, sendo que seu conteúdo não foi submetido
à publicação em qualquer outro periódico, quer seja em parte, quer seja
em sua totalidade. E que em caso de aceitação do artigo, concordo em
compartilhar os direitos autorais com os Cadernos Junguianos, sendo
que seu conteúdo ou parte dele, pode ser copiado, distribuído, editado
ou remixado para criar outros trabalhos, nos limites da legislação e dos
direitos conexos, podendo ser em qualquer meio de divulgação impresso
ou eletrônico, desde que atribuídos os créditos de autoria. Declaro ainda
que não existe conflito de interesses entre o tema abordado, o(s) autor(es)
e empresas, instituições ou indivíduos.

 

Assinatura do autor:                                                                         Data: