Associação Junguiana do Brasil

Monografias

Voltar

Autor: BRIZA, Dulce Helena Rizzardo
Título: A Mutilação da Alma Brasileira – Um Estudo Arquetípico
Ano: 1996
Orientador: Priscila Caviglia

As freqüentes manifestações observadas no trabalho de consultório com figuras oníricas e fantasias de mutilação sob diversos aspectos e muitas situações arquetípicas constatadas em comportamentos individuais e coletivos em nossa sociedade motivaram o presente trabalho.

Tanto em nossa História como em nosso Imaginário _ Curupira, Saci e Mula-sem-Cabeça _ aparece a mutilação simbólica e concreta, como a miséria, a doença, a falta de coragem, a falta de amor.

Partindo do princípio proposto por Jung _ apoiado por sua vez em J. Burckhardt _ de que a libido percorre sempre o mesmo caminho tanto no microcosmo (indivíduo) como no macrocosmo (cultura) e de que para ele _ como para Nietzsche _ o sujeito é um produto de sua cultura e, ainda, de que a cultura só se transforma com a mudança do indivíduo, este trabalho procura traçar um paralelo entre a mutilação existente na formação do indivíduo, da sociedade e na forma com que isso se expressa em nossa mitologia.

Salienta ainda que, para que haja uma mudança e um crescimento, é necessária a contribuição dos psicoterapeutas, que, ao lidarem com as mutilações, trabalham no âmbito individual e coletivo para que a Sombra seja integrada à consciência e os aspectos pertencentes ao masculino (Animus) sirvam para fazer com que o Herói (Ego) ajude na liberação de aspectos femininos (Anima) positivos, que, se reprimidos na Sombra, costumam aparecer de maneira indiscriminada, destrutiva, obscura e demoníaca.

A conscientização levará o indivíduo e a sociedade à libertação dos "Pais Terríveis" e fará com que a mutilação se reverta num efetivo ritual iniciático, constelando então o arquétipo do Sacrifício.

E assim, donos de uma identidade, estaremos livres e amadurecidos para o exercício da cidadania e da democracia.

Obs: Essa Monografia foi transformada em livro pela Editora Vetor, com o mesmo título.

Instituto de Psicologia Analítica de Campinas
Instituto C.G. Jung Minas Gerais
Instituto Junguiano do Paraná
Instituto Junguiano do Rio Grande do Sul
Instituto Junguiano do Rio de Janeiro
Instituto Junguiano de São Paulo
Instituto Junguiano de Brasília
Instituto de Psicologia Analítica da Bahia

Associação Junguiana do Brasil - AJB - Todos os direitos reservados

Rua Cardoso de Almeida, 1005, casa 6
CEP 05013-001 – Perdizes – SP
www.ajb.org.brajb@ajb.org.br

by Elav