Associação Junguiana do Brasil

Monografias

Voltar

Autor: SALDANHA DE AZEVEDO SANTOS, Helena
Título: Paradoxos de uma Civilização em Transição
Ano: 2006
Orientador: Walter Boechat

Reflexão sobre o momento de transição por que passa nossa civilização, tendo como fio condutor o mito do herói, cujo dinamismo está sempre ativado quando algum elemento novo e transformador se estabelece em nossa consciência pessoal e coletiva. Faz do caos contemporâneo o ponto de partida, analisando, através de casos clínicos, mitos e manifestações culturais, como ele repercute no indivíduo e na sociedade. Relaciona esse caos à ruptura com o sagrado: o desafio aos deuses, aos mistérios e à natureza. Enfatiza o papel da família, essencial na proteção e orientação, mas que também pode se tornar propagadora desse caos. Enfoca paradoxos de nossa Civilização: para renascer é preciso morrer, o que trouxe progresso pode escravizar, as facilidades podem trazer complicações e o sofrimento que se quer evitar pode libertar. Aponta a questão da medida e do limite, da rendição e da humildade, como fatores importantes no processo do estabelecimento de uma nova consciência para a humanidade.

Instituto de Psicologia Analítica de Campinas
Instituto C.G. Jung Minas Gerais
Instituto Junguiano do Paraná
Instituto Junguiano do Rio Grande do Sul
Instituto Junguiano do Rio de Janeiro
Instituto Junguiano de São Paulo
Instituto Junguiano de Brasília
Instituto de Psicologia Analítica da Bahia

Associação Junguiana do Brasil - AJB - Todos os direitos reservados

Rua Cardoso de Almeida, 1005, casa 6
CEP 05013-001 – Perdizes – SP
www.ajb.org.brajb@ajb.org.br

by Elav