Associação Junguiana do Brasil 25 Anos

Monografias

Voltar

Autor: LABATE, Francisco Gilberto
Título: A Questão dos opostos
Ano: 2009
Orientador: Áurea Roitman

O trabalho pretende examinar como ocorrem os opostos na psique humana contrapondo-se à lógica aristotélica tradicional. Parte-se do princípio de que os opostos podem ser reconciliados superando eventuais conflitos ou maniqueísmos. O autor escolheu como objeto de sua análise para demonstrar a possibilidade de conciliação de opostos o campo específico das relações entre ciência e religião, campos normalmente encarados como de difícil aproximação. Para isso, retoma-se a abordagem filosófica de Heráclito como inspirador da visão inclusiva dos opostos. Faz-se a seguir uma análise da natureza dos opostos, quanto à sua concepção e seus possíveis dinamismos. Registra-se a diversidade de opostos e a função que possam assumir em suas combinações. Estudam-se os opostos do ponto de vista de sua distinção e de sua tensão bem como a possibilidade do movimento dos pares de opostos. É dado especial destaque à visão de Jung quanto à questão argumentando-se que os opostos constituem pilar de sua concepção de psicologia. Afinal, examinam-se dois estudos que revelam a possibilidade da convivência entre religião e ciência.

Instituto de Psicologia Analítica de Campinas
Instituto C.G. Jung Minas Gerais
Instituto Junguiano do Paraná
Instituto Junguiano do Rio Grande do Sul
Instituto Junguiano do Rio de Janeiro
Instituto Junguiano de São Paulo
Instituto Junguiano de Brasília
Instituto de Psicologia Analítica da Bahia

Associação Junguiana do Brasil - AJB - Todos os direitos reservados

Rua Cardoso de Almeida, 1005, casa 6
CEP 05013-001 – Perdizes – SP
www.ajb.org.brajb@ajb.org.br

by Elav