Formação

A AJB é o órgão que coordena os diversos cursos de formação de analistas junguianos oferecidos pelos Institutos regionais. Esses Institutos têm plena responsabilidade sobre o curriculum, mantendo como núcleo as Obras Completas de C.G.Jung e obedecendo as diretrizes e exigências estabelecidas pela IAAP com relação às horas de análise individual (mínimo de 240) e supervisão (100), até a conclusão do curso. Autores contemporâneos complementam a formação, por meio de textos sobre filosofia, mitologias, antropologia, religiões e outras áreas da cultura, onde os temas arquetípicos se manifestam com maior intensidade.

A formação se processa normalmente num período de quatro anos e se completa com a apresentação de um estudo de caso e defesa de monografia, requisito que exige o cumprimento de todas as exigências anteriores. Ao concluir o processo o candidato torna-se membro analista da Associação Junguiana do Brasil-AJB, reconhecido pela International Association for Analytical Psychology-IAAP, com sede em Zurique, Suiça.

Periodicamente são divulgados processos de seleção para novas turmas, cujos candidatos devem cumprir os seguintes pré-requisitos:

  • er médico(a) ou psicólogo(a) com registro no CRM/CRP há pelo menos 2 (dois) anos;
  • er um mínimo de 2 (dois) anos de prática clínica em psicoterapia;
  • omprovar a vivência de um mínimo de 100 (cem) horas de análise individual, transcorridos num período máximo de 2 (dois) anos, com analista reconhecido pela AJB;
  • omprovar um mínimo de 50 (cinquenta) horas de supervisão clínica em Psicologia Analítica (individual ou em grupo), com analista reconhecido pela AJB.