Associação Junguiana do Brasil 25 Anos

Departamento de psicologia arquetípica da AJB: PROJETO E DIRETRIZES

Olá,

eu sou Gustavo Barcellos e estou aqui para apresentar e divulgar a criação de um Departamento de Psicologia Arquetípica da Associação Junguiana do Brasil. Este Departamento será coordenado por mim com a ajuda das colegas membros da associação Lunalva Fiúza Chagas e Acací de Alcântara.

O Departamento tem como meta e função, em primeiro lugar, agregar os membros analistas e candidatos a analistas dos diversos Institutos que compõem a associação que tenham interesse no estudo, aprofundamento e divulgação da assim chamada psicologia arquetípica. Em segundo lugar, o Departamento visa a atrair pessoas das mais diversas áreas ou procedências que nutram interesse ou vontade de se aproximar desse pensamento.

A psicologia arquetípica é uma vertente da psicologia junguiana, existente desde os anos 1970, voltada para o estudo da alma e sua terapia, com base nas noções junguianas de psique, arquétipo e imagem psíquica. A psicologia arquetípica tem como projeto a revisão da prática e do pensamento psicológicos com foco na cultura e na imaginação, não apenas na clínica, e assim extende-se também para a reflexão das questões culturais e históricas a partir de um ponto de vista da psicologia profunda, do mito e das manifestações artísticas. Tem origem e se constitui principalmente, ainda que não exclusivamente, em torno da extensa obra de James Hillman (1926-2011). Seus principais colaboradores teóricos originais são os analistas junguianos Rafael López-Pedraza, Patricia Berry, Wolfgang Giegerich, Stanton Marlan, Robert Sardello, Paul Kugler, Ginette Paris e Francesco Donfrancesco, os autores Thomas Moore e Roberts Avens, o filósofo Edward Casey, entre tantos outros.

Tenho procurado, ao longo dos últimos trinta anos, divulgar, ensinar e disseminar esse pensamento no Brasil, por meio inicialmente das traduções que fiz desde os anos 1980 de grande número dos livros de James Hillman, mas também dos seminários teóricos que conduzo regularmente em diversas cidades do país, além de minha própria produção espalhada em meus livros, em ensaios, artigos e conferências.

O Departamento de Psicologia Arquetípica da AJB trabalhará em sintonia e parceria com outros núcleos de estudo da área já existentes no Brasil e mesmo fora dele (como o Pacifica Graduate Institute, da California, e o The Dallas Institute of Humanities and Culture), mas principalmente com o Instituto Mantiqueira de Psicologia Arquetípica-IMPAR, de caráter independente, que dirijo desde sua fundação em 2001, e que também tem se ocupado da criação e realização de eventos de discussão e aprofundamento da psicologia arquetípica para e com um número crescente de colaboradores.

As atividades de estudo e a realização de eventos do Departamento obedecerá eixos temáticos anuais. A cada ano, portanto, o Departamento dedicará seus trabalhos, seus estudos de grupo, seminários e eventos públicos a um dos grandes temas que compõem os volumes que a Spring Publications, em conjunto com o The Dallas Institute of Humanities and Culture, está publicando com a obra completa de James Hillman. Os temas desses volumes apresentam a abrangência teórica do trabalho de Hillman e dão as principais diretrizes para psicologia arquetípica. Para este ano inaugural de 2017, o tema escolhido foi "Cidade e Alma", volume 2 da Uniform Edition of the Writings of James Hillman, publicado em 2006. Outros eixos temáticos compreenderão: "Senex & Puer", "Psicologia Alquímica", "Figuras Míticas", "Presenças Animais", "Intimações Filosóficas", e assim por diante.

—Gustavo Barcellos

Coordenação:
Gustavo Barcellos (gbarcellos@uol.com.br)

Psicólogo pela PUC-SP, Membro Analista- IJUSP/AJB/IAAP, foi fundador e Editor dos Cadernos Junguianos por dez anos, Mestre em Psicologia Clínica pela New School for Social Research, estudou na C.G.Jung Foundation, ambos em Nova York quando então encontrou-se com James Hillman, com quem estudou e se tornaria seu principal tradutor de sua obra para o português. Introduziu a psicologia arquetípica de James Hillman no Brasil, em livros, grupos de estudos, palestras e seminários em vários centros do Brasil assim como no exterior. Autor de vários livros e artigos no campo da psicologia junguiana e arquetípica, da imaginação e das artes entre eles o livro Voos e Raízes em 2006, O Irmão: psicologia do arquétipo fraterno, 2009, também lançado em tradução para o inglês pela Spring Publications nos Estados Unidos, Psique & Imagem,em 2012, hoje em sua terceira edição, Conferencista no Brasil e exterior com artigos publicados em revistas e coletâneas nacionais e internacionais entre eles Listerning to Latin America, Wxploring Cultural Complexes e Psyche and the City: a soul's guide to the modern metropolis, editado por Thomas Singer para Spring Journal Books, contribuindo com o ensaio sobre São Paulo, "Harlequin City". Tradutor e editor de títulos de James Hillman tais como Re-vendo a psicologia, Psicologia alquímica e Paranóia, pela Editora Vozes; O pensamento do coração e a alma do mundo e Ficções que curam, pela Editora Verus; Anima e Psicologia arquetípica: um breve relato, pela Editora Cultrix; Cidade e alma, pela Editora Studio Nobel.

Acaci De Alcantara (acaci.alcantara@uol.com.br)
Membro Analista Didata do IJUSP/AJB/IAAP, membro fundador dos Cadernos Junguianos, revista da AJB, onde foi por 10 anos editora assistente. Encontra-se em estudos aprofundados na Obra de James Hillman com Gustavo Barcellos. Participou de seminários no Pacifica Graduate Institute em Santa Barbara, California USA e no Dallas Institute of Humanities and Culture - Symposium City and Soul em 2014

Lunalva A. Fiuza Chagas (lunalvafchagas@terra.com.br)
Membro Analista Didata- IPAC/AJB/IAAP, em estudos aprofundados na obra de James Hillman há 21 anos com Gustavo Barcellos, Organizadora e palestrante do Encontro Clinicas Arquetípicas com Gustavo Barcellos, Renata Wenth,Hermenegildo Anjos em Campinas(2008), Docente convidada do curso de Especialização em Psicologia Analítica pela Unicamp.Participou de seminários no Pacifica Graduate Institute em Santa Barbara, California USA em 2013 e 2014 e no Dallas Institute of Humanities and Culture - Symposium City and Soul em 2014.

Participações confirmadas no departamento: Carmen Livia Parise (IJUSP)Juliana Delgado (IJUSP), Marisa Horta Imperatrice (IJUSP), Priscila V. Alonso (IJUSP), Silvia Graubart (IJUSP) Renata Whitaker Horschutz (IJUSP), Fabiana Binda Grazi (IPAC),Nara Santonieri (IPAC), Raul Marques (IPAC),Renata Wenth (IJPR), Sheila W. Jugend (IJPR), Rogerio Mesquita (IJRS), Telma Rípoli (IJRS ) Ludvine Amaral (IPABAHIA), Vera Rocha (IPABAHIA), Jorge L O Braga (IJRJ)

Instituto de Psicologia Analítica de Campinas
Instituto C.G. Jung Minas Gerais
Instituto Junguiano do Paraná
Instituto Junguiano do Rio Grande do Sul
Instituto Junguiano do Rio de Janeiro
Instituto Junguiano de São Paulo
Instituto Junguiano de Brasília
Instituto de Psicologia Analítica da Bahia

Associação Junguiana do Brasil - AJB - Todos os direitos reservados

Rua Cardoso de Almeida, 1005, casa 6
CEP 05013-001 – Perdizes – SP
www.ajb.org.brajb@ajb.org.br

by Elav